20 junho 2014

Congresso Humanista Internacional 2017 - no Brasil

Divulgo o congresso que haverá em 2017 aqui no Brasil. Para maiores informações, consultar a página da Liga Humanista Secular do Brasil: http://www.ligahumanista.org.br/

*   *   *

Boas notícias! São Paulo foi escolhida como sede do próximo Congresso Humanista Internacional (World Humanist Congress), em 2017. O edição deste ano do evento acontecerá em Oxford, Reino Unido, em agosto. Detalhes do evento deste ano podem ser vistos no site oficial: http://whc2014.org.uk Entre os convidados deste ano estão Richard Dawkins, Taslima Nasrin, P. Z. Myers, A. C. Grayling, Phillip Pullman, Leo Igwe, nossa sócia honorária Maryam Namazie, entre outros. Estaremos presentes também.

São Paulo ter sido escolhida como sede do próximo evento em 2017 é uma grande conquista para o humanismo latino-americano, e especialmente da LiHS por ter encabeçado a iniciativa. A LiHS será a anfitriã com o apoio da organização argentina Ateos Mar del Plata (AMdP). As negociações com a International Humanist and Ethical Union (IHEU) foram feitas pela LiHS ao longo dos últimos meses. Grandes nomes de humanistas brasileiros e estrangeiros já estão confirmados para nosso evento, e manteremos os membros informados sobre o andamento da organização. De antemão, antecipamos que a arrecadação de recursos será árdua e necessitaremos da maior ajuda possível que membros puderem oferecer.

Confira parte da conclusão do documento de candidatura que a LiHS enviou à IHEU, traduzida abaixo. O tema escolhido é "Desenvolvendo o Humanismo num Mundo em Desenvolvimento".

"Em 1941, o impressionantemente criativo escritor argentino Jorge Luis Borges publicou um conto chamado "A Biblioteca de Babel", no qual descreve um mundo com uma biblioteca infinita contendo toda informação possível e imaginável em livros incontáveis. Em 1995, Daniel Dennett, membro honorário da LiHS, citou o conto de Borges, chamando o subconjunto de livros contendo a informação genética de "Biblioteca de Mendel". Infelizmente, a maioria dos livros na Biblioteca de Babel são algaravias, e a maioria de humanos possíveis na Biblioteca de Mendel jamais virão a existir.

O mundo em desenvolvimento contém uma grande porção das pessoas que de fato existem hoje, porém a maior parte da informação útil em questões importantes tratadas pelo humanismo é invisível para elas, enterrada sob mares de algaravia. Essas pessoas frequentemente ouvem que não há vida fora da religião, que não há justiça fora da retaliação punitiva, que não há amor fora das famílias tradicionais, que não há conhecimento fora do mito, e que não há desenvolvimento fora do egoísmo (aqui lembramos que populações nativas estão sendo dizimadas em nome do desenvolvimento econômico no Brasil). É hora de dizer a elas, nessa biblioteca confusa, onde está o tomo do humanismo, como lê-lo, e como escrevê-lo.

Esperamos vê-los todos em São Paulo!"

E esperamos, também, contar com sua atenção, cobrança, crítica e contribuição. Diferentes formas de doar à LiHS já estão disponíveis no portal LiHS.org.br.
Att.,
Comitê Organizador do WHC2017.

Nenhum comentário: