13 fevereiro 2008

As sete máximas de Clotilde de Vaux

  1. É indigno dos grandes corações derramar as perturbações que sentem.

  2. Que prazeres podem exceder aos da dedicação?

  3. Compreendi, melhor do que ninguém, a fraqueza de nossa natureza quando não é dirigida para um alvo elevado que seja inacessível às paixões.

  4. A nossa espécie, mais do que as outras, carece de deveres para fazer sentimentos.

  5. Não há nada irrevogável na vida senão a morte.

  6. Todos temos ainda um pé no ar sobre o limiar da verdade.

  7. Os maus têm, amiúde, mais precisão de piedade do que os bons.



Nenhum comentário: